Site criado por Alexandre Pankararu, em novembro de 2018, com o apoio dos colaboradores da REJUIND.

REJUIND - REDE DE JUVENTUDE INDÍGENA

E-mail: rejuind@gmail.com

Buscar
  • rejuind

Comunicado de Pesar

Atualizado: 31 de Out de 2019

É com profundo pesar que a REJUIND comunica o falecimento da companheira Cristina Bautista, jovem indígena do povo Nasa, no distrito de Cauca, na Colômbia.




Hoje, dia 29 de outubro faleceu a jovem indígena Cristina Bautista, ela junto com outros 4 companheiros foram assassinados no distrito de Cauca, na Colômbia. A região é marcada por conflitos com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), com o intuito de proteger seus territórios, os indígenas criaram a Guarda Indígena, do qual Cristina e os demais faziam parte.

Segundo relatos, o carro em que se encontravam foi alvejado por tiros por mais de 10 minutos no resguardo da região de Tacueyó, em Toríbio no norte da região de Cauca enquanto faziam seu trabalho de controle territorial.


Cristina Bautista era uma liderança e autoridade tradicional Neehwe'sx, com ela foram assassinados os guardas indígenas José Gerardo Soto, Asdrúval Cayapú, Eliodoro Inscué y James Wilfredo Soto. Ainda se encontram mais 6 pessoas feridas.


Os povos indígenas tem se mostrado que estão na linha de frente na defesa dos seus territórios e juntos, mulheres e jovens demonstram que estão nessas linhas de frente, pondo em risco suas próprias vidas para garantia da sobrevivência dos seus povos. A REJUIND relata com extrema dor a perda de nossa "hermana" Cristina.


Durante a 16ª Sessão do Forum Permanente para as questões indígenas nas Nações Unidas, Cristina esteve junto com a delegação de jovens indígenas, onde tivemos a oportunidade de conhecê-la e neste espaço, ela reportava a situação dos conflitos armados na Colômbia, falava sobre o papel das mulheres e jovens indígenas no processo de paz e segurança e claro, pedi segurança para as defensoras e defensores indígenas de direitos humanos.

Lamentamos a sua morte neste momento, mas na certeza que "Su lucha es nuestra lucha".


Justiça por Cristina e por todos os hermanos e hermanas indígenas dos quais suas vidas foram ceifadas em defesa do território.


2,129 visualizações