Buscar

#IYIL _ Fulni-ô: ano internacional das línguas indígenas

Saywre Fulni-ô, é a jovem indígena do Estado de Pernambuco que nos contará um pouco sobre #Yaathe


Saywre Fulni-ô, Povo Fulni-ô do Estado do Pernambuco.

"Os Fulni-ô atualmente habitam no município de Águas Belas situado na zona fisiográfica do sertão, a quilômetros da capital estadual de Pernambuco. A vida dos Fulni-ô transcorre em duas aldeias, uma delas se localiza junto à cidade é nessa aldeia que se encontram as instalações do Posto Indígena da Fundação Nacional do Índio (FUNAI); a outra é o lugar sagrado do ritual Ouricuri, onde se estabelecem nos meses de setembro, outubro e novembro.

Há um relevante elemento que perpassa todas as tradicionais fontes da inabalável energia Fulni-ô: o Yaathe, considerada a única língua indígena do Nordeste brasileiro que se manteve viva e imponente na sua comunidade de fala (a definição não considera as línguas dos povos do Maranhão, devido à inclusão do Estado no território compreendido pela Amazônia Legal). A língua, além de sagrada, é também considerada entre os Fulni-ô como instrumento ou arma de proteção contra as opressões que sofreram por séculos. Hoje damos continuidade na língua com a ajuda dos anciãos que preza por manter as tradições e a língua Yaathe."


Juventude Indígena, faça como a Saywre Fulni-ô junta-se ao Ano Internacional das Línguas Indígenas


A REJUIND, com a parceria da Mídia Índia, apoia o Ano Internacional das Línguas Indígenas #IYIL2019, com isso convocam a diversidade da juventude indígena brasileira falantes de 274 línguas distintas para dizer no seu idioma originário:

"Nós existimos! Seu Povo!

Defendo os Direitos dos Povos Indígenas!"

A REJUIND, também reconhece o processo histórico de colonização do Brasil, onde vários povos indígenas, foram obrigados a não se manifestar verbalmente em seus idiomas, sofrendo e enfrentando ações de violências e violações para se reafirmarem como povos originários, através de suas línguas. Contudo, esses mesmos povos, resistiram com resiliência, desempenhando o fortalecimento das memórias e da história cultural, expressando outros elementos de suas identidades.

Juventude, mande sua imagem, nome e povo com a frase acima ou pode ser outra mensagem de sua escolha, traduzida em seu idioma; e/ou nos conte um pouco sobre a história de seu povo, de como foi o processo de proibição de falar sua língua. Conte você, um pouco da verdadeira história desse país.

Enviar para os dois emails:

comunicacaorejuind@gmail.com, midiaindia.01@gmail.com

Assunto:

Ano Internacional das Línguas Indígenas

Conteúdo:

Exemplo - Sou Alex Seredi, Povo Xavante, nos autodenominamos A'uwe Uptabi, do Estado de Mato Grosso.

- Com a frase traduzida; ou Não traduzida, contando um pouco da história de seu povo.

- Coloque anexada sua foto/ou alguma imagem que represente seu povo (boa resolução).


Postaremos no site, e nas redes sociais da REJUIND e Mídia Índia.

*** Opcional - sua rede social, para que possamos marcar na publicação.


Mais informações:

2019: Ano Internacional das Línguas Indígenas

84 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Site criado por Alexandre Pankararu, em novembro de 2018, com o apoio dos colaboradores da REJUIND.

REJUIND - REDE DE JUVENTUDE INDÍGENA

E-mail: rejuind@gmail.com